12 de março de 2019

Indicadores de eficiência da Operação Rota de Fuga crescem entre duas e cinco vezes

Foto: Paulo Maciel - Imprensa - Detran-PE (divulgação)



A depender dos resultados alcançados pelas operações de fiscalização do Departamento de Trânsito de Pernambuco, nos primeiros meses desse ano - em particular no carnaval  - 2019 promete contar com muito mais segurança no trânsito e, consequentemente, menos acidentes.

No comparativo entre 2019 e 2018, os principais indicadores de eficiência das operações Rota de Fuga e Trânsito Seguro, coordenadas pelo Detran-PE, dobraram e até mesmo quintuplicaram estatisticamente.

Foram realizadas 98 operações de janeiro até o carnaval, mais que o dobro em comparação a 2018 (com 46 operações).

Só durante o carnaval foram realizadas 5.400 abordagens de veículos, praticamente o triplo do ano de 2018 (com 1866 veículos abordados).

Já o número de autuações pelo cometimento de infrações de trânsito cresceu de 462 para 1.579 (3,5 vezes mais).

Mesmo sem realizar concurso público desde 2010, o Detran conseguiu mobilizar mais agentes do que no ano passado para fiscalizar o trânsito durante o carnaval. Foram 180 em 2019. Já em 2018, 150.

A infraestrutura das operações contou com amplo reforço. Foram utilizadas 42 viaturas, quase o dobro do carnaval de 2018 (com 22 viaturas) e 38 motocicletas, quase o quádruplo de 2018 (com 10 motocicletas).

Aliás, este aumento na aquisição de motocicletas pelo Detran-PE está em sintonia com a proposta da Operação Rota de Fuga que é trabalhar com a chamada blitz dinâmica, baseada na possibilidade de deslocar os pontos de fiscalização de forma estratégica, impedindo o surgimento de rotas de fuga para os infratores.

Os números apresentados coincidem com a posse do novo diretor presidente do órgão, Roberto Fontelles que, em seu discurso oficial por ocasião do balanço da atuação do Detran no carnaval, afirmou que uma das formas de evitar acidentes de trânsito é retirar das ruas veículos e condutores sem condições de circular.

Nesse caso, parece não ter sido à toa que o número de veículos removidos para o depósito do Detran-PE, por irregularidades que não puderam ser sanadas no local, cresceu mais de cinco vezes, saltando de 29 para 161. A fala de Fontelles indica a atenção que será dada à fiscalização das vias pela nova gestão do Departamento de Trânsito.

Além de contemplar a Região Metropolitana de Recife, as operações, nesse carnaval, atuaram nas praias dos litorais Sul e Norte, em vias pedagiadas e em municípios do interior a exemplo de Pesqueira, Timbaúba, São Lourenço da Mata, Goiana, Ipojuca, Cabo de Santo Agostinho, Vitoria de Santo Antão, Bezerros e Nazaré da Marta.

Durante o carnaval 2019, houve o recolhimento de 223 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e de 196 Certificados de Registro e Licenciamento Veicular (CRLVs).


Indicadores de eficiência das operações de fiscalização de trânsito

 2018
 2019
 Número de operações
 46
 98
 Veículos abordados
 1866
 5400
 Autuações de trânsito
 462
 1579
 Número de agentes
 150
 180
 Viaturas/motocicletas
 22/10
 42/38
 Veículos removidos
 29
 161




6 de março de 2019

Até quando terá validade o documento do veículo de 2018? Quais as regras para obter o documento do veículo de 2019?

  • Não sei se você sabia, mas o documento do veículo, oficialmente chamado de Certificado de Registro e Licenciamento (CRLV), deve ser renovado anualmente. 
  • O CRLV atualizado só será emitido após a quitação de todos os débitos do veículo, dentro os quais o IPVA e possíveis multas vencidas.
  • Caso você tenha mudado de endereço, só conseguirá receber o documento em casa se atualizar o endereço no Detran.
  • Quem cumpriu todos os requisitos previstos em Lei e deseja buscar, presencialmente, o CRLV, precisa agendar atendimento de Emissão de CRLV no site www.detran.pe.gov.br.

Foto: Cláudio Eufrausino.

É possível dirigir com o documento do veículo do ano passado enquanto ele estiver dentro do prazo de validade. O prazo de validade do CRLV varia conforme a terminação da placa do veículo, começando em maio para as placas de final 1 e 2 e terminando em agosto com as placas terminadas em 9 e 0.

Terminações
Prazo limite para circular com o CRLV 2018
1, 2
Até maio
3,4 e 5
Até junho
6,7 e 8
Até julho
9 e 0
Até agosto


Quem dirige com o CRLV fora da validade está cometendo infração gravíssima. A multa é de quase R$300 e o proprietário terá o veículo removido para o depósito, de onde só poderá sair depois do pagamento de todos os débitos e após serem sanadas possíveis restrições veiculares como bloqueios judiciais e alertas de roubo ou clonagem.

Emissão do CRLV

O CRLV só será emitido mediante solicitação do proprietário do veículo (Resolução 205/2006 do CONTRAN). Para solicitar este documento de porte obrigatório, existem duas opções:

Agendamento de entrega presencial

Quem cumpriu todos os requisitos previstos em Lei e deseja buscar, presencialmente, o CRLV, precisa agendar atendimento de Emissão de CRLV no site www.detran.pe.gov.br.

Pagamento de taxa de postagem para entrega residencial

Quem efetuou o pagamento da taxa de postagem, estando tal opção disponível, e cumpriu todos os requisitos previstos em Lei, receberá o documento do veículo em sua residência em até 30 dias. Caso você tenha mudado de endereço, só conseguirá receber o documento em casa se atualizar o endereço no Detran.

Só existe entrega do documento do veículo pelos Correios para os municípios de Recife, Olinda, Jaboatão, Paulista, Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Petrolina e Vitória de Santo Antão.

Importante
  • Quem agendar emissão de CRLV não receberá o documento em casa. Já quem pagar taxa de postagem não poderá agendar atendimento presencial.
  • A emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) pode ser impedida se o veículo possuir algum tipo de restrição seja judicial ou administrativa.
  • Para saber se o veículo possui algum tipo de restrição, é necessário acessar o site www.detran.pe.gov.br e fazer a Consulta de Placa.
  • Restrições de ordem judicial, comumente, devem ser tratadas junto ao Tribunal que implantou a restrição.
O que fazer para regularizar o Licenciamento do veículo?
  • Acesse, no site www.detran.pe.gov.br, a seção Consulta de Placa, na qual você deve digitar os dados da sua placa.
  • Depois, clique na opção "Consulta/impressão de débitos".

15 de novembro de 2018

Regras para realizar modificações veiculares

Para fazer modificações nas características originais do veículo, o que deve ser feito? Quando posso modificar o veículo por conta própria? Quando devo pedir autorização ao Detran? Este é o assunto da nova série do canal dO Analista de Trânsito.





Confira os documentos necessários para solicitar ao Detran-PE a Autorização para Modificações do Veículo:
  • Original e cópia ou cópia autenticada de documento oficial de identificação, com foto e CPF. No caso de empresa (Pessoa Jurídica), acrescentar o CNPJ com contrato social ou estatuto e ata de nomeação da diretoria (cópia autenticada).
  • Original e cópia do Certificado de Registro do Veículo (CRV, também conhecido como recibo). 


Fonte: site do Detran-PE